Guia do Porto

Porto

Com seu Centro Histórico tombado Patrimônio da Humanidade pela Unesco, o Porto, Antiga, mui nobre, sempre leal e invicta cidade do Porto, segunda cidade mais importante de Portugal, Capital Europeia da Cultura, também foi escolhido Melhor Destino Europeu 2017.

O dinamismo de sua gente faz com que a cidade do Porto - Metrópole da Região Norte, capital do Distrito do Porto, do Concelho do Porto e da antiga Região Douro Litoral - sempre esteja à frente quando se trata de empreender e inovar.

Guia do Porto
Vista do Porto ©


Porto medieval

O Porto medieval é o espaço da fundação da cidade do Porto. E tudo começou no Morro da Sé, de onde se contemplava, lá embaixo, o Rio Douro. "Bastava ir até ao Castrum novum dos romanos, no sítio da Penaventosa, hoje bairro velho da Sé, para estabelecer uma garantia, por ventura ainda discutível, mas sustentável já, como legítima, da antiguidade do Porto. Aí foi, quando talvez esse castro era já uma ruina, que os suevos, os verdadeiros povoadores da cidade, vieram há quinze séculos estabelecer-se, fortificando audaciosamente o castelo, e abrindo as bitesgas e alfurjas do Burgo, ao qual deram tão rápido desenvolvimento, que dentro de poucos anos se tornou a sede de um bispado católico" (José Augusto Vieira, O Minho pitoresco, p. 697). Mais...

Foi elevada a diocese pelos romanos, sofreu dominação dos visigodos e dos mouros. No final do século IX foi reconquistada por Vímara Peres.

Primeiras Muralhas

O primeiro cinto de muralhas da cidade foi mandado construir (de 1108 a 1110) pelo arcebispo de Braga, D. Gonçalo Pereira. Grosso modo, incluía o castelo, "cuja torre de menagem ou cidadeka, robustecida por ameias e seteiras, foi por muito tempo a velha igreija da Sé" (José A. Vieira), descia a leste pelas Escadas do Codeçal até a margem do Douro. Este lance de muralha ainda existe em perfeito estado de conservação. Dali, cortava a oeste até o Largo da Ribeira. Subia então, a nordeste pela atual Rua dos Mercadores até as Portas de Santa Anna. Continuava pela Rua da Bainharia e fechava o conjunto na Porta de Nossa Senhora de Vendome.

"Eis a primitiva cidade do Porto, que não era a décima parte da Alfama, a cidade árabe de Lisboa" (José Augusto Vieira, O Minho pitoresco, p. 700).

Influência do Porto

À margem esquerda do Rio Douro, Porto irradia sua influência para bem além das fronteiras regionais.

O Porto e o Vinho - Com seu nome há séculos associado ao famoso vinho, o Porto atrai milhares de visitantes, de férias ou em viagem de negócios, que aqui descobrem seus encantos e segredos.

Por acaso você já provou deste famoso vinho, saído direto da barrica. Trata-se de um privilégio reservado a poucos visitantes. Este e outros mais, o visitante descobrirá ao seguir os caminhos que levam ao Douro. Ver Região Douro Litoral.