Viajar pelo Alto Minho

Para o viajante, deslocar-se pelo Alto Minho é mais um passeio do que uma viagem propriamente dita. As maiores distâncias raramente vão além dos 100 km, como é o caso do trajeto Viana do Castelo a Melgaço (o Oiapoque de Portugal). Em linha reta, às vezes, a distância é bem menor.

De Braga a Viana do Castelo - Nas viagens pelo Baixo Minho, no sentido leste-oeste, as distâncias são um pouco maiores. Mas não vão além dos 100 km, como o trajeto de Esposende a Cabeceiras de Bastos (100 km de distância). Já o trajeto de Braga a Viana do Castelo, é de apenas 60 km. E de Braga a Guimarães, apenas 25 km.

Guia de Portugal
Espigueiros em Coura, distrito de Viana do Castelo © / Portoenorte


Distrito de Braga

No Distrito de Braga, com 14 concelhos (municípios), as dez principais cidades são Braga, a capital do Minho, do distrito e do município de Braga (137.000 hab.), Guimarães (com 54.000 hab.), Fafe (cerca de 15.700 hab.)


Distrito de Viana do Castelo

As principais cidades do Distrito de Viana do Castelo, com dez municípios, são a própria Viana do Castelo (36.750 hab.), a cidade-sede, Vila Nova de Cerveira (cerca de 9.250 hab.), Melgaço (cerca de 8.500 hab.), o município mais ao norte de Portugal, Valença (com 8.000 habitantes), Ponte da Barca (cerca de 4.400 hab.), Ponte de Lima (cerca de 3.800 hab.), uma das cidades mais antigas de Portugal, Monção (com 3.500 hab.), Caminha (cerca de 2.500 habitantes), Paredes de Coura (cerca de 2.100 hab.) e Arcos de Valdevez (cerca de 1.700 hab.).


Cidades pequenas às margens de um rio

Estas são as principais localidades do Alto Minho. Cidades pequenas e pacatas, onde habitam gentes simpáticas e cordiais, que vivem a cuidar de seus campos, de suas vinhas, de seus animais, da pesca e de outras atividades rurais e tradicionais. Das serras, a leste, seguem-se estas belas terras bucólicas com cidadezinhas às margens destes rios principais, até o Atlântico, a oeste.


Aldeias pacatas e tradicionais

Para o visitante, partir à descoberta do Minho é marcar encontro com a natureza num grande passeio a ver e a viver a vida tranquila das aldeias, como já poucos imaginam existir. Além das grandes atrações que agradam a milhares de visitantes, outras, menos pomposas ou ruidosas, também merecem destaque, como é o caso de algumas aldeias que, reconhecidamente, mantêm o modo de vida tradicional e simples do mundo rural minhoto.


Pelas estradas do Alto Minho

Estradas modernas e bem conservadas dão acesso a praticamente todos os recantos do Alto Minho, como as autoestradas A27 (Viana do Castelo - Ponte de Lima), A28 (Caminha - Viana do Castelo - Porto) e A11 (Braga - Viana do Castelo, passando pela A28).