Vinhos da Madeira

Última atualização: janeiro 2024

Vinhos de Portugal

Região Autônoma da Madeira

IGP Terras Madeirenses

O Arquipélago da Madeira, nos vários terroirs da zona demarcada da Ilha da Madeira, produz vinhos fortificados* de fama internacional.
Principal produto do arquipélago, o Vinho da Madeira, com grande potencial de guarda, é um dos carros-chefes da economia local e um símbolo da Madeira em todo o mundo.


O Vinho da Madeira, Portugal © Images of Portugal
O Vinho da Madeira, Portugal © Images of Portugal



Uma fama que vem de longe

A fama do Vinho da Madeira vem de longe: em 4 de julho de 1776, a Independência dos Estados Unidos da América foi comemorada com um brinde de vinho da Madeira. E na literatura mundial, os célebres escritores Shakespeare, Tolstoi e Dostoiévski citam o Vinho da Madeira em algumas obras.


Aperitivo ou digestivo

O popular vinho Madeira, sempre presente dos petiscos entre amigos às grandes ocasiões, acompanha, de preferência as iguarias da terra.

"O famoso vinho Madeira, cujas castas mais conhecidas são Sercial, Boal, Verdelho, Malvasia, Terrantez e Tinta Negra [ver mais abaixo], pode ser apreciado como aperitivo ou digestivo", o torna um acompanhamento de primeira escolha nas mesas madeirenses [Visit Portugal].


Os vinhos fortificados (cujo teor alcoólico varia de 14% a 23% - os vinhos não fortificados giram em torno dos 12%) sofrem acréscimo de uma bebida destilada de maneira a parar a sua fermentação natural.

Além dos vinhos certificados IGP Terras Madeirenses, cujo teor alcoólico varia de 14 a 23%, são produzidas na região duas DOPs:

• a DOP Madeira

• a DOP Madeirense.


A Vinha na Madeira

"Descoberta por navegadores Portugueses em 1418, a Ilha da Madeira cedo despertou o interesse do Infante D. Henrique que a considerou privilegiada para o plantio da vinha e da cana do açúcar, pois introduziu o seu cultivo na ilha, mandando vir da Grécia, cepas "Malvasia," originárias de Napoli di Malvasia, perto de Sparta" [IVV].


Uma longa tradição

A cultura das vinhas, na Madeira, é feita aproveitando ao máximo os espaços cultiváveis: a vinha, cultivada na periferia, "geralmente disposta em latadas ou ramadas, é semelhante ao que encontramos no Minho".

"A vinha ocupa, neste mundo rural, cerca de 1700 ha e destina-se sobretudo à produção do VLQPRD Madeira", produto cuja exportação já se fazia no Século XVII. As zonas eleitas para esta cultura são as encostas soalheiras viradas a sul onde, na sua forma alta, a vinha dá abrigo a outras culturas, muito embora se cultive também em forma baixa, em especial nas vizinhanças do mar" [IVV].


IGP Terras Madeirenses

Os vinhos IGP Terras Madeirenses são tintos, brancos e rosés, elaborados sob a legislação que se aplica de acordo com os rendimentos..


Castas tintas e rosadas

As castas autorizadas são: "Aragonez (Tinta Roriz), Bastardo, Cabernet Sauvignon, Complexa, Deliciosa, Malvasia Cândida Roxa (Malvasia Roxa), Merlot, Syrah, Tinta Barroca, Tinta Negra (Tinta Negra Mole), Touriga Franca (Touriga Francesa) e Touriga Nacional" [IVV].


Castas brancas

As castas brancas autorizadas são: "Arinto, Arnsburger, Carão de Moça, Chardonnay, Chenin, Folgasão (Terrantez),Malvasia Branca de São Jorge, Malvasia Cândida, Malvasia Fina (Boal), Sauvignon, Sercial, Tália (Ugni Blanc) e Verdelho" [Idem].


DOP Madeira

Área demarcada

"A área geográfica correspondente à Denominação de Origem Controlada "Madeira" é coincidente com a área da Região Autónoma da Madeira apropriada à cultura da vinha e abrange as ilhas da Madeira e do Porto Santo" [IVV].


Tipos de Vinhos

Vinho de Canteiro: Vinho alcoolizado durante ou logo após a fermentação, sendo a seguir armazenado em cascos onde envelhece durante um período mínimo de 2 anos. Só pode ser considerado em condições de engarrafamento decorridos, pelo menos, 36 meses após a última alcoolização [IVV].

Vinho de Estufagem: O envelhecimento por estufagem só pode ser efectuado a uma temperatura não superior a 50ºC e por um prazo nunca inferior a 3 meses. O vinho só pode ser engarrafado decorridos, pelo menos, 12 meses após a estufagem {Idem].

Colheita: Vinho de uma só colheita, com direito à indicação de data da respectiva vindima. Só pode ser engarrafado a partir de 31 de Outubro do quinto ano da data da vindima [Ibid.].

Garrafeira ou Frasqueira: 20 anos em madeira [Ibid.].

Solera: O engarrafamento só pode ser feito após 5 anos em casco; de cada um dos cascos só pode ser retirado anualmente, no máximo, 10% do vinho existente [Ibid.].


Castas recomendadas

Tintas: Bastardo, Malvasia Cândida Roxa (Malvasia Roxa), Tinta (Tinta da Madeira),Tinta Negra (Tinta Negra Mole) e Verdelho Tinto.

Brancas: Folgasão (Terrantez1), Malvasia Fina (Boal1), Malvasia Cândida, Sercial e Verdelho.

Castas autorizadas

Tintas: Complexa, Deliciosa e Tiunfo.

Brancas: Babosa, Malvasia Babosa, Caracol, Carão de Moça, Listrão, Moscatel, Rio Grande e Valveirinho.

Castas dos Vinhos da Madeira, Portugal © Visit Madeira, ilustração
Castas dos Vinhos da Madeira, Portugal © Visit Madeira, ilustração



DOP Madeirense

Área demarcada

"A área geográfica correspondente à Denominação de Origem Controlada "Madeira" é coincidente com a área da Região Autónoma da Madeira apropriada à cultura da vinha e abrange as ilhas da Madeira e do Porto Santo" [IVV].

Os vinhos DOP Madeirense são tintos, brancos e rosés, elaborados sob a legislação que se aplica de acordo com os rendimentos..


Castas recomendadas

Tintas: Bastardo, Cabernet Sauvignon, Complexa, Deliciosa, Malvasia Cândida Roxa (Malvasia Roxa), Maria Feld, Merlot, Tinta Barroca, Tinta Negra (Tinta Negra Mole), Touriga Franca (Touriga Francesa) e Touriga Nacional [IVV].

Brancas: Arnsburger, Carão de Moça, Chardonnay, Chenin, Folgasão (Terrantez), Lilás (Alvarinho Lilás), Malvasia Bianca, Malvasia Branca de São Jorge, MalvasiaCândida, Malvasia Fina (Boal), Rio Grande, Sauvignon, Sercial, Tália (Ugni Blanc) e Verdelho [Idem].




Gastronomia

Os amantes de boa mesa terão muitas oportunidades de saborear os típicos petiscos e as especialidades da variada e tradicional cozinha da Madeira.

Saber mais: Cozinha da Madeira


Vinhas na Ilha da Madeira, Portugal © Visit Madeira, Ilustração
Vinhas na Ilha da Madeira, Portugal © Visit Madeira, Ilustração



Vinhos fortificados

(*) Os vinhos fortificados sofrem o acréscimo de alguma bebida alcoólica (conhaque ou aguardente, por exemplo) durante sua elaboração de maneira a parar sua fermentação natural. Este processo aumenta a gradação alcoólica do vinho (daí o termo fortificado), o que em contrapartida aumenta também seu podetencial de guarda. São vinhos que viajam mais no tempo.

Inclusive, foi um dos vinhos que os Navegadores portugueses trouxeram em suas caravelas quando da Descoberta do Brasil.

+ Madeira

Destaques da Madeira

Madeira em Destaque

Funchal

Porto Santo

Praias

Gastronomia

Vinhos da Madeira

O que visitar

Viajar

Dicas aos visitantes

Dicas



Top das Cidades

Grande Lisboa

Além da maior aglomeração urbana do país (Lisboa), Sintra, Cascais, Loures, Almada e Oeiras completam o pódio das Top 5 maiores cidades de Portugal.

Grande Porto

No norte do país, no Grande Porto, outras cidades importantes são Vila Nova de Gaia, Braga, Matosinhos, Gondomar e Guimarães.

Saber mais

Cidades Principais

Guia Vinhos de Portugal
Guia do Algarve
Guia de Lisboa
Guía de Porto
Mapas de Lisboa