O Melhor de Braga

Braga, Minho

O Melhor de Braga - cidade mais antiga de Portugal, capital do distrito e do concelho de Braga, além de capital do Minho - começa pela própria cidade, no Centro Histórico da Bracara Augusta, cidade cujo nome é uma homenagem ao Imperador romano César Augusto.


Como diria o autor do Minho Pitoresco, o melhor de Braga são "as tradições e os monumentos (...) que a mão do tempo não apagou". Com destaque especial para o Sameiro. Braga respira história, passado e, ao mesmo tempo, progresso e modernidade.
"Toda a História do Minho se encontra em Braga": "a da sua natureza e a do seu espírito; as influências cósmicas e as influências sociais, a religião, o amor, a língua, a raça, a hereditariedade, o trabalho, o ódio, a superstição e a política. Porque, nunca cidade alguma foi, como Braga, verdadeiramente a capital de uma província, a síntese mais completa do povo que representa, desde a mais remota antiguidade" [1].


Guia de Braga
Fachadas (Rua São Geraldo), Braga, Minho, Norte de Portugal © GEP



Rico Patrimônio Histórico

Valorizar seu rico Patrimônio Histórico, sem temer modernizar-se, este é o desafio aceito e ganho por Braga. A cidade se orgulha de sua história e sua influência tem durado e se estendido por todos os cantos. Seu Patrimônio Histórico se destaca, essencialmente, no seu Centro Histórico.

Além do encantador Centro Histórico, o Santuário do Bom Jesus do Monte (ou de Braga) também é visita obrigatória.


1. Centro Histórico de Braga

O Centro Histórico de Braga, em volta da (a primeira de Portugal, do século XIV), reúne algumas das mais importantes atrações turísticas da cidade. Além da Sé, no Rossio da Sé, e seu Museu de Arte Sacra, outras atrações imperdíveis incluem o Palácio dos Biscainhos, a Capela dos Coimbras, a Torre de Menagem e o Mercado da Praça do Comércio. Neste espaço de grande relevância histórica, artística e arquitetônica, o visitante encontra o melhor de Braga.


2. Santuário do Bom Jesus do Monte

Também conhecido como Santuário do Bom Jesus de Braga, esta é outra visita imperdível da cidade de Braga. Situado a 1,5 km do centro, o Santuário é um dos cartões de Braga e de Portugal.

3. Santuário do Sameiro

Situado a um pouco mais de 6 km do centro de Braga, o Santuário do Sameiro, em homenagem a Nossa Senhora da Imaculada Conceição, é o segundo do país, atrás apenas do Santuário de Fátima.

4. Antigo Paço Episcopal

Também conhecido como Paço Arquiepiscopal, dos séculos XVII e XVIII, este palácio (hoje nele funciona a Universidade do Minho) merece uma visita. O Jardim de Santa Bárbara, atrai muitos visitantes.

5. Arredores de Braga

Nos arredores de Braga, também valem a pena ser incluídos no seu programa o Mosteiro de Tibães (século XI), a Capela de São Frutuoso de Montélios (exemplo da arquitetura pré-Romanesca) e a Igreja de Santa Maria Madalena (século XVIII, em Falperras, a 6 km do centro).